Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUZ


Mãezinha! Eu tive muitos sonhos
No calor do teu ventre
Sonhei em ver o teu mundo
Com um desejo tão profundo
Quis ser o teu presente.

Imaginei-me em teus braços
Ao mirar os teus olhos brilhantes
Era grande o meu desejo
Alcançar-te com o meu beijo
Ser só teu por uns instantes

O sonho se perdia
Na sombra do egoísmo
Você não me queria
O meu sonho se esvaía
A beira de um abismo

O teu desejo abortivo
Era lágrima sofrida
Carregando a esperança
De uma linda criança
Que ansiava pela vida

Minha querida mãezinha!
Compreendo a tua dor
Nos momentos de aflição
Eu te dei o meu perdão
Com todo o meu amor.

Eu sei mãezinha, querida!
Da tua imaturidade
Nunca imaginara o quanto
Causara tanto pranto
A tão tenra idade.

Mãezinha não fique aflita
Nunca queira se culpar
Uma folha de uma árvore não cai
Se não houver a mão do pai
Que a faça despencar

Outros tempos virão
Com novas oportunidades
Se um dia eu não voltar
Outro no meu lugar
Vai trazer felicidades.


E nesse tempo mãezinha!
Eu te peço com paixão
Não repetir os mesmos atos
Dos desejos insensatos
Que lhe tiraram a razão

Peça a Deus toda a força
Permitindo a gestação,
Pois, se não me deste a vida,
Terá por certo repetida
Na luz do meu irmão.
Obs: visite o meu blog: ivanamado.zip.net
Ivan Amado
Enviado por Ivan Amado em 22/10/2007
Código do texto: T704353

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Amado
Alagoinhas - Bahia - Brasil
18 textos (964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 13:27)
Ivan Amado