Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De todo carinho ternura que um dia te dei sobraram em mim...

De todo carinho ternura que um dia te dei
sobraram em mim cacos remanescentes
de teu efêmero amor forma obscura da
tríade bipartida a sangrar o coração
equilibrando as escoras nefastas que
sustentam os cantos quebrados de meu
destruído ser;
De todo carinho ternura que um dia te dei
sobraram em mim sonhos desfeitos de uma
história não escrita nas paginas em branco
da minha alva memória;
De todo carinho ternura que um dia te dei
sobraram em mim pendências não pagas
dos momentos em que não desfrutei nada
de ti...
Amado Portti
Enviado por Amado Portti em 22/10/2007
Código do texto: T705161
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Arcanjo Miguel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amado Portti
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
699 textos (46722 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:17)
Amado Portti