Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cingido

Cingido a mim as idolatrias
São como o rio
Que revigorar suas águas
A cada tempo
Mas cada uma fica
Guardada em alguma aresta do imo
Cada paixão consentiu sua marca
Seu sabor de ambicionar mais
Mas a vida fez de levá-los
Para um recinto bem mais aconchegado
Algo bem menos odiado e criticado
Meu imo não tem dono
Não tem vez
Tem marcas permanentes
E prazeres efêmeros
Sem endereço

Lucas Castelo
Enviado por Lucas Castelo em 22/10/2007
Código do texto: T705201

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Lucas Castelo Viana). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Castelo
Fortaleza - Ceará - Brasil, 26 anos
316 textos (13124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 06:38)
Lucas Castelo