Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

João, faz isso não!


Isso é hora de beber coca, João?
Sua filha pede um pão.
Seu irmão, um irmão.
E sua mão pede um filho.

Isso é hora de ir embora, João?
Sua nega te ama.
O João Júnior também.
Seu vizinho quer te matar, 
mas tem nada não, conversas.
Se bem que José te falou:
"- Não bula com mulé alheia."

Oh, João, acorda, meu irmão!
Vai, veja que horas são!
É hora de trabalhar,
a família pede por comida!
João Júnior pede um biscoito!
Joana pede uma jóia.
E a sua nega pede um vestido.

Acorda, João.
Está frio, mas é noite de São João.
José diz saber tocar violão.

Que isso João?
Pare de reclamar da vida.
É ela que tem motivos de sobra
para reclamar de você.

Calma, João, não se estresse não!
Apesar de tudo ainda há esperança, como não?
O Brasil, perdeu a Copa,
Mas o nosso Fogão anda bem das pernas.
Se tudo der certo seremos campeões.

Mas, João, faz isso não!
Pense nos seus filhos,
pense nas suas mulheres,
pense na sua mãe, que está bem velhinha.

Faça isso não, João. 
Mesmo contudo contra 
ainda é possível viver.
Falta a dignidade, falta o trabalho, 
falta o arroz e falta o pão.
Mas o amanhã nos guarda o novo,
por mais que pareça um filme repetido!


                                    Brasília, 28.06.07

 

 

Aderruan De Marco
Enviado por Aderruan De Marco em 23/10/2007
Código do texto: T706070

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (POR FAVOR,SE FOR USAR ALGUM TEXTO ME AVISE E VOCÊ DEVE CITAR A AUTORIA DE ADERRUAN DE MARCO E O SITE www.aderruandemarco.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aderruan De Marco
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
96 textos (16458 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:29)
Aderruan De Marco