Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão


Noites calmas inquietantes
O silêncio ensurdecedor
Esta me levando à loucura
Olho para um lado
Olho para o outro
Vejo-me numa solidão
Acompanhado, de meus pensamentos
Eterno companheiro

Que sensação estranha
De vazio súbito
Que quando vem
Não quer mais ir embora
Sinto uma lágrima escorrer
Em meu rosto sem nenhum motivo
 
Maurilio Corrêa
Enviado por Maurilio Corrêa em 23/10/2007
Código do texto: T706461

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurilio Corrêa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
105 textos (13380 leituras)
1 áudios (45 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:43)
Maurilio Corrêa