Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ISSOS E AQUILOS (ensaio para a unificação do plural)

Issos e aquilos
sou eu
milhares em mim
células
bactérias
espíritos
ritos milenares
e os bichos sublineares
que me transpassam
e deixam
seus históricos curriculares
olhares
auguras
delícias
visões
tesões
tensões

Issos e aquilos
são cidades
casas e apartamentos juntos
justapostos
injustos
colméias
favelas
aglomerados humanos
misturas complexas
inexplicáveis fusões
sentimentos
introspecções
implosões
sonhos e provires

Issos e aquilos
são excessos, faltas etc.
capilariedades
segmentações sociais
brilhos nas frestas
caminhos diversos
carinhos implícitos
sou eu
mil vivos em mim
uivos
catarses
descartes
quadrantes exatos
opostos que se chocam
fagulhas
quasares
disputas e lutas vãs
reformas
revoluções

Issos e aquilos
são intestinos expostos
recônditos
ilhas e pontes
cometas
e estrelas
mautner's
kerouac's
whitman's
tsé's
krishina's
cristo's
buda's
cristais finos
poemas e histórias
profecias e heresias
tudo numa só caldeira
a fervilhar
 
Issos e aquilos
são multiplicidades
miltons
milsons
nuances
sambarock
junções
sublinearidades
entrelinhas
entrepalavras
destilações e condensação
risos
rosas abertas
abelha rainha
polens
proles
multiplicares primaveris
humanidades
em mim
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 23/10/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T706752

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1132 textos (33904 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 23:53)