Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quadro de Giz

Será que é fácil prever, onde vamos parar?
Quis o filho ao pai perguntar.
Esse distraído ao ler o jornal,
Só queria se informar do futebol.

Mas o adolescente era insistente,
Tanto perguntou que deixou seu pai descontente.
E conseguindo sua atenção,
Voltou a perguntar-lhe então.

Vamos parar na prisão,
Doando nossa casa para o ladrão?
Vamos parar no deserto,
Sem saber o rumo certo?

Ou fico mesmo em casa
E deixo a revista na escada,
Na rua deixo o gatuno a passear
E eu trancado só posso respirar?

Se daqui a pouco eu precisar,
De um pão para me alimentar,
Se continuar com fome
Eu uso o telefone?

O pai então apertou o jornal,
Na folha uma violência brutal.
Percebeu que seu filho não era mais tão criança,
Mas ainda lhe devia esperança.

Disse para o seu filho que não sabia responder,
Mas que nunca mesmo adulto deixaria de crescer.
E se alguém lhe falasse que não seria feliz naquele país,
Que outro ele faria mesmo no quadro de giz.


Gil Ferraz
Enviado por Gil Ferraz em 23/10/2007
Código do texto: T706768
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jubergson Ferraz). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gil Ferraz
Serra - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
20 textos (2236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 03:20)
Gil Ferraz