Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio

Seu silêncio me sufoca
Me acorda, me aflige me tira a paz
Quando penso que falei tudo, em troca
Vem o seu silêncio e pede um pouco mais.
E já não tenho um meio
De me sentir inteiro
Se até quando você veio
Não falei o que veio primeiro
Na minha mente pra falar
Pensei de novo, de novo e outra vez
Até por fim, me calar,
E ouvir todo o mal que o silêncio me fez.

Ah, o seu silêncio!, e como o odeio!
A sua ausência,
Essa abstinência...
Mas antes este silêncio,
E prefiro ele assim
Do que o não sentir,
Não amar, não temer, não sorrir
Não ter saudades
Não ver a alegria...
Mas este silêncio
Me põe a ponderar duas vezes
Sobre minhas outras escolhas.

E agora, que falei o que queria
Me calo pra ver se encontro mais coragem,
Quem dirá sabedoria,
No eco que volta.
E pro eco
Eu me calo.
Ouço minha voz,
Guia e algoz,
Me calo.
Vejo o meu retrato
Distante e distorcido.
Calo.
Alê Campos
Enviado por Alê Campos em 23/10/2007
Código do texto: T706963
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alê Campos
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
46 textos (1724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:36)
Alê Campos