Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No oceano do amor

E nestes passos rápidos, clareiam-se as horas
Vou devagar, divagar sobre estes momentos
Sei que de mim vento passa, tu ignoras
Tua lembrança enche a taça do meu esquecimento

Ninguém consegue amar tanto sem perder-se
Quando esse tanto é esquecimento de si
Perde-se no outro que outrora fizera renascer
A flor das entranhas, maravilhas, flor de liz

Esqueças as recordações dos desafetos
Tua busca significa o encontro do completo
Em ti a felicidade está na grandeza do deserto
Porque não precisas fechar-te por estar aberto

Este que se expande é parte do chacras geratriz
É fonte criadora que te impulsionas ao progresso
Nele encontrarás os segredos de ser feliz
No oceano do amor sublimado serás verso

Maria Rita Pereira
Enviado por Maria Rita Pereira em 24/10/2007
Reeditado em 26/08/2008
Código do texto: T708107

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite e nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Rita Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
108 textos (3629 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:08)
Maria Rita Pereira