Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a puta

a puta






o mar de sonho queima ao sol a pele-cobre
da menina sexo. pueril peito cinzento
a venda nas esquinas de pedra, o dobre
nefasto imperdível do mundo sedento

paira num mar de pó tua flor sonho pálido
menina sexo, noite de Iracema. Vênus
que a luxúria impera, lúdico amor cálido
teu beijo, sorriso inefável, encerra-nos

hoje és senhora de solidão e graça
salão de libido dançando uma suja valsa
onde a vida te esculpiu calçada e praça

rotina louca de um gozo trepada falsa
tua luz vermelha, verdes mares, olhos de seda
orla em Iracema teu nome de guerra leda.


Por José Leite Netto
José Leite Netto
Enviado por José Leite Netto em 24/10/2007
Código do texto: T708160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Leite Netto
Fortaleza - Ceará - Brasil, 43 anos
13 textos (3833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 12:47)
José Leite Netto