Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO

Não sei como primas
pela grosseria.
Pela falta de cortesia.
Pela, sua constante,
Cara Amarrada.
Pela idiossincrasia.
Não consegues me ver feliz.
Tranqüilo. Pacato.
Tens de desestabilizar.
Desaprumar. Arruinar.
Cansar.
O pior
é que mexes
com o meu todo.
Físico.
Emocional.
Não podes.
Não quero te permitir.
Prefiro me isolar.
Me calar.
Voltar pro casulo.
Me mumificar.
Do que estar exposto a ti.
E a teu humor desagradável.
Infernal.
Edilmar Amaral
Enviado por Edilmar Amaral em 25/10/2007
Código do texto: T709585

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilmar Amaral
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
326 textos (4349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:28)
Edilmar Amaral