Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tricotando no salão

Dizem que os homens fofocam e as mulheres matracam. Eu particularmente acho que alguns tricotam
A cada quinzena eu vou ao salão do Gugu cortar os cabelos, massagear com shampoo e enquanto isso jogo uma conversa fora, como um bauru, tomo uma coca-cola e sempre encontro por lá o Toninho bicudo, que aliás tem esse apelido porque é muito papudo. Há tempos ele vem contando a história de uma gatinha, que segundo ele é uma galinha! Papo daqui papo dali, sempre falando em suas proezas de homem machão, de repente vira o Tonhão e pergunta: - Aí meu irmão de onde é essa gata? – Toninho responde na lata! Mora no Leblon, trabalha na churrascaria do Zico! – Tonhão levanta da cadeira e lhe diz: - Cale a boca antes que eu tape o seu bico. Essa mina é minha namorada, se falar mais alguma coisa, vai levar uma porrada! O clima ficou ruim, chamei o Gugu prá conter aquele rebu, dei uma saída para respirar porque ali não dava prá ficar. Entrei no boteco do lado tinha outro furdunço. A mesma história rolando e o Tonhão que era dono do boteco chegando. Eu com cara de otário nem sabia que Tonhão era o proprietário. Pedi um cafezinho, bebi e sai de fininho. Voltei para o salão e lá estava o Toninho resmungando sozinho. Dando uma de machão, mas quase apanhou do Tonhão. Dois meses depois, volto eu ao salão prá fazer pé e mão, logo após chega o Toninho. Cumprimentou todo mundo e ficou num canto quietinho. Não demorou muito chega o Tonhão com seu avião, a tal namoradinha que deu tamanha confusão. Dei uma olhada e comecei a rir não resisti.
A mina do Tonhão era travesti.

Vincent Benedicto
Enviado por Vincent Benedicto em 13/11/2005
Reeditado em 17/12/2005
Código do texto: T71021
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vincent Benedicto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
477 textos (144381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:56)
Vincent Benedicto