Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você quem disse adeus...

Tento...
Por diversas vezes te definir como algo bom
Desenhar meu caminho, segundo seus passos
Ou pelo menos seguir você a distancia
Mas não consigo...
È nessas noites de frio que queria um cobertor
È nesses dias de outono que queria um chocolate quente
Como aquele que você fez pra mim
Aos oito anos descobri que meninas se apaixonam demais
E que meninos não estão ligando a minima pra isso
E agora vejo que eu sou a menina e você o menino
Essa noite eu queria muito, eu sempre quis
Desde que você decidiu sair eu tranquei a casa toda
Eu preferi viver assim, só eu comigo mesma
E acho que não foi uma boa idéia
Já começo a ter alucinações
Sombrio, frio, escuro e tumultuado
Lágrimas a quanto tempo não sei o que é sorrir
E que felicidade foi arrancada de mim
Talvez ainda não...
Tá vendo o que a solidão faz
Me vi sozinha e decidi que seria melhor assim
Longe de mim...
Abri a casa toda na manhã seguinte
Melhor que te ouvir dizer adeus
Foi me ouvir respirar na manhã seguinte a sua partida...
Nathalya Etchebehere
Enviado por Nathalya Etchebehere em 26/10/2007
Código do texto: T710913

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nathalya Etchebehere
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 33 anos
253 textos (23042 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:23)
Nathalya Etchebehere