Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Velhos Aposentados

        Os Velhos Aposentados            (71)
                      I
Depois de anos trabalhando,
Vão os velhos, definhando,
Nos bancos, da longa avenida,
Recordando, passagens da vida!
                      II
São assim, os velhos aposentados,
Passando dias, solitários e abandonados.
Como mobiliários, carunchosos esquecidos,
Abandonados, pelos seus ente queridos!
                      III
Num gesto, de frieza e ingratidão,
Entregues á sua sorte, vão
Morrendo, abandonados lentamente!
Sentido, como um peso á sua gente.
                       IV
Foi rebusto, lutou na vida,
Levando tudo, de vencida!
Hoje, tem um banco de jardim,
Par ir definhando assim!
                      V
O pobre velho foi amado,
Quando tinha, emprego e ordenado!
Hoje ignorado, vive no esquecimento.
A  família, desejando o seu passamento!
                      VI
É a ingratidão, da sociedade evoluída,
Sociedade, que aos poucos destruída!
Não tendo, verdadeiro amor familiar,
Em sua vaidade vai-se degradar!   (J. R.)
Galeano
Enviado por Galeano em 27/10/2007
Código do texto: T712506
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
521 textos (103766 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:03)
Galeano