Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Menos da Vida

Ninguém me faz sorrir
Já não sei se sou humano
Minhas piadas já não os fazem rir
Suas piadas já não me fazer rir
O céu claro de ontem
Hoje escurece com a minha raiva

Senti um punhal em minhas costas
Depois de tudo o que aprendi
Pensei que tudo seria mais fácil
Mas agora percebo que nada teve sentido
Que tudo o que conquistei
Não serviu e nunca servirá

Pensei que amar seria mais fácil
Pensei que minhas amizades seriam eternas
Pensei que eu seria imortal
Frente a tudo e a todos
Mas como mais um inútil humano
Percebi que nada faria sentido

Todos deveriam saber
Nenhum de nós é humanista verdadeiro
Preconceito faz parte do ser humano
O sentimento pelo outro não existe
A corrupção faz parte de nós
E (quase) nada pode mudar isso

O sistema nos controla
As conspirações fazem com que você
Acredite no irreal e ilusório
O capitalismo nos suga cada centavo
E permite que nós suguemos dos outros
Depende de nós descobrir como

O incerto campo mundial
Trabalha por uma liberdade
Que sabe que nunca terá
Mas o que os custa sonhar?
Uma noite de sono?
Ou uma vida inteira?
Wésley D D Menezes
Enviado por Wésley D D Menezes em 27/10/2007
Reeditado em 27/10/2007
Código do texto: T712592

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Wésley Menezes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wésley D D Menezes
Belém - Pará - Brasil, 26 anos
85 textos (2335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:50)
Wésley D D Menezes