Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fala aí ó pá

Nossa língua tem artimanhas,
tem pernas, feito uma aranha,
que arrrranha,se emaranha,
enreda, envereda,
faz, desfaz e se refaz.
Entre sons e tons diversos,
entre sentidos inversos,
entre parentes(es)tranhos,
entre versos e reversos,
tem contextos complexos,
tem textos desconexos,
tem estranhos sotaques,
metáforas, antíteses, sintaxes.

Brincadeira de criança,
feito menina ela dança,
floreia, canta, arrasta,
corre, bole, faz pouco,
desdenha, desenha e arrasa,
faz fogo virar fumaça,
e fumaça virar fogo.
Só quem não se encanta,
com essa menina faceira,
quem não entra na brincadeira,
perde metade da jornada,
ou a jornada inteira.

Tem óchentes arrassstadoss,
tchês e báhs cantarolados,
um uai sô, de minerin,
e aí mano, tá ligado fiii??
A poRta, a toRta, entoRta,
arraxxxta, o malandro praieiro,
faz da língua dessa gente,
um grande e delicioso tabuleiro,
onde a baiana arretada,
mistura sua graça e gingado,
à morenice bronzeada,
da bela carioca faceira,
com uma pitada de garra,
da paulista e da mineira.
O guri do Sul se agarra,
no leitE quentE vizinho,
os capixabas da bera,
não podem ficar sózinhos,
vêm junto nessa empreitada,
com outros tantos sotaques,
dessa língua bem falada.
Goianos, matogrossensses,
amazonenses,tocantinenses,
pérrrnambucanos, cearenses,
alagoanos, piauienses,
maranhenses,sergipanos,
rio grandenses,acreanos,
rondonienses,Roraimianos,
ou seria roraimenses?
Que mistureba danada!
Faz dar nó em pingo d'água,
essa tal língua arretada,
que tem nas suas raízes,
o "ó Pá" detrásss dosss montessss
uma riqueza de formas,
histórias, cantigas, e rimas,
beleza em forma de versos,
relatos de tantas vidas,
naslinhas e traços imersos,
em tantas lutas perdidas.
 


Báh guri, que lindeza de língua é essa?
Uai sô, num é que é bunita mess?
Oche! É prá lá de porreta essa danada!
Aé mano, se liga nessa parada, firmeza?
Eita, que essa língua é abençoada!
Fala aí ó pá! essa é a língua portuguesa.




 



Monica San
Enviado por Monica San em 28/10/2007
Código do texto: T713052

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Monica San
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 47 anos
251 textos (6373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:19)
Monica San