Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALGOZ

Nestas linhas que me azougam
Vejo nascer um poema
São palavras que regougam
Entre um tema e um dilema.

Nas ideias que me estugam
Nos laços deste meu tema
Vejo cores e tons que sugam
Meus braços presos na algema.

Assim renego esse esquema
Vou desfazer-me dos nós
Para não cair no sistema.

Assim recuso esta voz
Revelada e que blasfema
Das palavras como algoz!
RoqueSilveira
Enviado por RoqueSilveira em 28/10/2007
Código do texto: T713448

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de M. Conceição Roque da Silveira e o site www.letrasdispersas.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RoqueSilveira
Portugal
235 textos (8526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:21)
RoqueSilveira