Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisioneiro do Desamor

 

Roubaram-me os sonhos

Apagaram a luz antes da hora

Levaram a minha alegria...

 

Trancaram-me a porta

e me deixaram preso nessa solidão

Lacraram-me aqui nesse labirinto

sem ter como sair...

 

Minha garganta seca

de tanto gritar piedade e ninguém me ouvir

perdeu a sua voz

nem gemer mais consegue...

 

Estou sem trilha

corrente do desdém me aprisiona aqui

por terra se foram todos os meus planos

na quimera de acreditar no sonho

morro aqui

na masmorra 
que o desamor criou.

 

 

 

 

 

 

 

Glorinha Gaivota
Enviado por Glorinha Gaivota em 28/10/2007
Código do texto: T714184
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glorinha Gaivota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
876 textos (38041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 20:26)
Glorinha Gaivota