Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FOME NOSSA DE CADA DIA

Eu tenho fome pai
Eu tenho fome
De poder ser mais feliz
Sem ter que tanto sofrer
De poder amar eu mesmo
Sem apenas ser mais um
De um prato imenso
Todo cheio de verdades
Para eu não me envergonhar
De ofertar a ti bons atos
Para assimilar os teus...

Eu tenho fome pai
Eu tenho fome
De não mais sentir vergonha
Ao querer te acalentar
De resgatar meu passado
E de me lembrar do teu
De poder crer nas promessas
Dos homens que estão lá
Até de fazer poema
E de nunca sentir pena
Destes vagos versos meus...

Eu tenho fome pai
Eu tenho fome
De abandonar meus vicios
Para viciar nos teus
De poder nem sentir medo
Ao invés de sacia-lo
Com orações prá agradecer
De minha dignidade
De não ver desigualdade
E nem  pratos tão repletos
De vazia imensidão...

Eu tenho fome pai
Eu tenho fome
Da pureza e da saudáde
Daqueles que não amei
De um recíproco respeito
Para que eu aprenda o meu
De abraços de alegria
Atracando-me em teu cais
Pois tenho fome pai
Eu tenho fome de pai
Eu tenho fome de paz...

GERALDO MARIA DE OLIVEIRA
Enviado por GERALDO MARIA DE OLIVEIRA em 29/10/2007
Código do texto: T714520
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GERALDO MARIA DE OLIVEIRA
Passos - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
40 textos (2100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:31)
GERALDO MARIA DE OLIVEIRA