Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bruma

Tomada de mistério pela bruma
Que de vez esfria a paisagem
Assim começo a viagem pelo tempo
Ao ouvir a melodia que assobia aqui o vento

Paisagem sumida pela bruma
Que envolve toda terra só de frio
Por onde passa o vento bem de fino
E se enconde o nevoeiro no vazio

Pelo vale arrasta-se a bruma
Num só lance de perder de vista
Ao longe somente vê-se o risco
Do rio que cruza o seu caminho

Na estrada escura desce a bruma
Que passa pelo trilho sem atalho
Onde segue o viajante pela via
Da jornada de costume solitário.
Fábio Pirajá
Enviado por Fábio Pirajá em 30/10/2007
Código do texto: T715930
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pirajá
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 52 anos
154 textos (4444 leituras)
42 áudios (9249 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 05:46)
Fábio Pirajá