Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda vou pertencer a você...

Há tanto tempo você me deseja,
Na luta contra o tempo me procura,
Vença o desânimo que tortura,
Mesmo que não lhe pareça,
Ainda vou pertencer a você...

Caminhe longa jornada,
Retire as pedras da estrada,
Faça com elas uma escada,
Mesmo que lá do alto não me veja,
Ainda vou pertencer a você...

Que o tempo percorra o caminho,
Com tanta pressa, não julgue nunca me alcançar,
Siga com passos firmes sem chorar,
Mesmo que, sem esperança, sem carinho,
Ainda vou pertencer a você...

Se nesta infeliz jornada,
Tudo perca e por tudo que receia,
Tenha fé em seu destino, creia,
Mesmo por que, permanecerei amada...
Ainda vou pertencer a você...


Lute com fé para vencer,
E não me busque em vão,
Estarei sempre em seu coração...
Mesmo sem você perceber,
Ainda vou pertencer a você...

O que digo é verdade,
Embora, tenha a liberdade,
De me aceitar ou não,
Mesmo que lhe domine a ilusão,
Ainda vou pertencer a você...

O que afirmo, não é inverdade,
É pura realidade...
Mesmo que da tristeza fique à mercê
Ainda vou pertencer a você...

Sou quem todos querem e procuram,
Em desvario e loucura,
Mesmo neste seu desejo, que tortura,
Ainda vou pertencer a você...

Há de me chamar, querida,
E do passado, nunca sentirá saudade,
Serei o maior amor de sua vida,
Pois, sou a FELICIDADE...
maristella barros
Enviado por maristella barros em 30/10/2007
Reeditado em 26/06/2008
Código do texto: T716744

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maristella barros
Amparo - São Paulo - Brasil
82 textos (2997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:08)
maristella barros