Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdi um amor

Dedico essa poesia a minha amiga Nadja

Perdi um amor

Perdi um amor
Mas não perdi a vida
Perdi o que eu chamava de vida
Perdi, chorei, gritei.
O tempo se encarrega de cicatrizar
As feridas do coração.

Perdemos hoje
E ganhamos amanhã
A vida não é feita somente de vitória
Reconstrói sua história.

Perder, essa palavra dói.
Mas quem nunca perdeu?
Não podemos ganhar sempre.
Podemos perder um amor
Mas nunca a esperança.

Você ganhou
Se analisar direito você ganhou
Ganhou uma oportunidade de recomeçar
Uma oportunidade de amar novamente
Você ficou mais experiente.

Só perde quem tem a capacidade lutar
E quem luta está sujeito a ganhar
Quem luta está sujeito a perder.
Nada é pra sempre nem perdas e nem ganhos.
O que não podemos perder é o amor próprio.

Amar é correr risco
Amar é mergulhar em oceanos desconhecidos
Amar é mergulhar sem sabermos nadar.
Ou afundaremos ou sobreviveremos.
Amar é correr um risco eterno.

Quando amo corro o risco de ser amada
Corro o risco de ser desprezada
Corro o risco de ser feliz
Corro o risco de me iludir
Corro o risco de chorar, de sorrir.
Quem não ama não vive
E quem vive ama.
Nada está perdido
Perdeste um amor e não a vida
Por mais que tua alma esteja aflita
Pra tudo existe uma saída.
A vida continua
E você precisa ser forte
Para seguir em frente
Começando tudo de novo
Para uma linda flor existir
Precisamos primeiro de uma semente
Recomece por uma nova semente
Pra que tua vida seja florida novamente.






Maria Gabriela Rodrigues 31/10/07


Maria Gabriela
Enviado por Maria Gabriela em 31/10/2007
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T717431
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Gabriela
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
194 textos (32431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:51)
Maria Gabriela