Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas de sangue

Lágrimas de sangue escorrem pela minha face neste momento, a única coisa que consigo sentir é um triste desalento que aos poucos vai se misturando com amargura e solidão, como conseqüência, grandes poças de sangue vão pintando o chão...

Enquanto isso meu pequeno coração negro, vai se despedaçando aos poucos, e os pequenos cacos vão se misturando com a escuridão da minha alma, uma triste alma abandonada que sem rumo pela fria noite solitária andava....

Lágrimas de sangue é o que choro toda noite, sinto que a cada dia isso vai se aprofundando, uma sensação estranha, como estar navegando, afundando aos poucos, afundando em rumo ao nada, pra escuridão do abismo lá se vai uma triste alma perdida e abandonada....

No pulso, as marcas da minha solidão, que com um corte profundo, quase deixo de existir, e o doce sangue do meu braço começa a fluir e em gotas minúsculas no chão à cair, sangue no chão esparramado, um pequeno pulso cortado e minha pele sentindo o sabor do doce veneno de minhas lágrimas de sangue...
jana Black Rose
Enviado por jana Black Rose em 31/10/2007
Código do texto: T718000

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
jana Black Rose
Campinas - São Paulo - Brasil, 26 anos
4 textos (102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:43)
jana Black Rose