Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEIS DE AGOSTO

UM DIA DE CHUVA,SEM TELEVISÃO
IDEAL PARA DORMIR
MAS VOU ESCREVER
OU ENTÃO SAIO NA CHUVA
SEM GUARDA-CHUVA E SEM ABRIGO
VOU ROLAR NA LAMA DO CEMITÉRIO
ENQUANTO OS OUTROS
ESTÃO EM SUAS CASAS COM SEUS FILMES
VINHOS,PIPOCAS E NAMOROS
SINTO A CHUVA EM MEU ROSTO
DEITADO NU NO MÁRMORE GELADO
LENDO O EPITÁFIO DE ALGUM COITADO
E QUANDO O SOL CHEGAR
TRANCO-ME EM CASA
E PEÇO PRA DIZEREM QUE SAI.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 15/11/2005
Código do texto: T71802
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:46)
pedro carmo