Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MIM DISSERAM QUE EU PODIA MAIS

MIM DISSERAM QUE EU ERA LOUCA
E QUE TODO LOUCO ERA GÊNIO
E QUE TODO GÊNIO TINHA BOAS IDÉIAS

MIM DISSERAM TAMBÉM
QUE EU ESCREVERIA VIDAS
E QUE ESSAS VIDAS VIVERIAM
E VIVENDO ELAS FORAM APRENDENDO

E APRENDENDO FORAM CAMINHANDO
E CAMINHANDO FORAM SEGUINDO SEUS RUMOS
CADA UMA SEGUIA SUA VIDA
COM EU ESCREVI

ESCREVENDO VOU SEGUINDO A MINHA VIDA
POIS ALGUEM A ESCREVEU
E EU TENHO QUE SEGUI-LA
DO JEITO QUE FOI ESCRITA

MAS ESCUTEI GRITOS
DIZENDO QUE EU PODERIA ESCOLHER
POR QUE LIVRE ARBITRIO EU TERIA
TINHA DUAS OPÇÕES: O BEM E O MAL

CERTAMENTE ESCOLHERIA O BEM
MAIS NEM SEMPRE É FÁCIL SEGUI-LO
ESTOU TENTANDO
SE CONSEGUIREI NÃO SEI

SÓ SEI QUE TENTO
POIS FOI TENTANDO QUE EU CHEGUEI ATÉ AQUI
JUNTANDO PALAVRA POR PALAVRA
VENDO SE RIMAVA

SE COMBINAVA
SE PRESTAVA
AGORA VEJO QUE SIM
POIS DA MINHA LOUCURA SAIU VERSOS

DOS VERSOS RIMAS
DAS RIMAS POESIAS
DAS POESIAS MINHA VIDA
E NOVAMENTE MIM VEJO ESCREVENDO VIDAS.
crys matos
Enviado por crys matos em 31/10/2007
Reeditado em 03/05/2011
Código do texto: T718286

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
crys matos
Arapiraca - Alagoas - Brasil, 25 anos
71 textos (28122 leituras)
3 áudios (237 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 21:14)
crys matos