Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não, obrigada.


Coloquei a razão nos meus braços,
Fechei os olhos, ouvidos e coração.
Meu pulsar doente, tardio e lento
ficou pendurado no gosto amargo dos meus traços.

Se hoje me sento,
tento, invento e me contorço,
faço malabarismos com a paixão
Já não sei o que é sentí-la.

Graças!
Se foram as noites perdidas em sonho!
Se foram os dias da imaginação!
Se foram as tardes em devaneio burro!
Se foi também o ar do meu pulmão!
Triste fim é a solidão...

PÁRA!!!!! Se sabes do que ironizo,
Se sabes do sentimento que revogo,
Injúrias, fraquezas, alucinação,
Toma tua a minha dor,
                E me leva contigo nesse passo incerto e perdido
       que é o amor...

LaGabrielle
Enviado por LaGabrielle em 01/11/2007
Código do texto: T718512

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.dominohs.blogspot.com" e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LaGabrielle
Curitiba - Paraná - Brasil
11 textos (515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:49)
LaGabrielle