Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fome de salário

S opa e pão francês,
A carne só no final do mês.
L ogo, tudo vai melhorar
A s promessas irão começar.
R eajustes ? Só de impostos.
I nflação ?  Nãooo !!!
O dinheiro vale cada dia menos.

M ais a gente agüenta,
I nesquecível penta.
N a tela da TV
I nternet ou num jornal velho.
M anipulados ou não,
O povo é quem os escolhe.

Poema acróstico em "homenagem" ao fome zero.
Alexandre Abrantes
Enviado por Alexandre Abrantes em 15/11/2005
Código do texto: T71960
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Abrantes
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
21 textos (1242 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:09)
Alexandre Abrantes