Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 (Sem Título)

 Foi ao te encontrar
 inebriado pelo olhar,
 que um dia sonhei,
 e agora ei de te-lo para amar.

 Com palavras não sulficientes
 tento descrever a sensação,
 de olhar para o mais lindo
 sentimento da paixão.

 Outrora se dizia inesistente,
 porém hoje sei o valor,
 desse sublime sentimento
 cruelmente cultivado sem pudor.
>>>
 Novamente declarado
 abertamente ao acaso,
 derrubando as barreiras
 desse antigo marasmo.

 Sorrateiramente vai-se indo
 sem dó nem piedade,
 de deixar um sonho acabar
 achando que é pura vaidade.
Rellik Laires
Enviado por Rellik Laires em 02/11/2007
Reeditado em 02/11/2007
Código do texto: T719954

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rellik Laires
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
10 textos (863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:17)
Rellik Laires