Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos contidos


Minhas mãos seguem o coração.
Meus desejos precisam fluir,
Falar o planejado em uma canção
Tímida quase escondida, para você não rir.

Rir da inocência de um trapalhão,
Que enrolado com a verdade não pode mentir.
Não consegue entoar outra canção...
Mesmo sofrendo diz: a verdade eu vou instruir!

O coração do mensageiro dói à dor profunda...
A mente se contorce diante dos paradoxos.
Ordens que não saíram de bocas imundas,
Mas causaram-me a escravidão digna dos ortodoxos.

Quero gritar com toda força do meu pulmão.
Quero quebrar as correntes, que prendem a minha alma.
Quero um falar sereno e verdadeiro usando as mãos.
Quero ter força para romper com os amigos paradigmas.

Em cada escrita uma canção e assim liberto estendo as asas.
Asas do coração vencedor, que não acredita mais na dor.
Assim fluem os meus pensamentos livres das ameaças.
Então serei autêntico, simples e poético para falar do amor.




Jair de Oliveira
Enviado por Jair de Oliveira em 02/11/2007
Código do texto: T719978

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jair de Oliveira
Corumbá - Mato Grosso do Sul - Brasil, 57 anos
154 textos (6680 leituras)
3 áudios (85 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:08)
Jair de Oliveira