Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SEPARAÇÃO...

Nos olhos dela senti, e vi dor
Ao dizer que me amava
A imagem do rosto dela
Dizendo: “fica comigo”
Ficou parada, estática, gravada

Era um pedido, um lamento
Doeu em mim ferir esse sentimento
Argumentei, usei de palavras sutis
Mas ela não quis ouvir
Em vão continuava a falar, a insistir

E novamente os olhos dela
Que se projetavam pra mim, tornavam-se
Opacos, talvez pelo que ela
Sentia naquele momento
Mas ao mesmo tempo ficavam
Acessos como alguém
Que ta vendendo uma idéia
Como uma panacéia
Um produto uma solução
Mas, sem efeito, querendo me convencer
De mais o que?
Sem conteúdo, sem fundamentos, sem razão

Tanta coisa naqueles olhos que vi, e senti angustia
Sofri por vê-la assim...
Decifrar a emoção de uma pessoa
Num momento em que tudo acaba
É inexplicável, tão profundo
Esse universo feminino
Os elos partem-se
Os caminhos desencontram-se
E já não há mais portas abertas
Nem flores na janela
Nem palavras gentis
Nem atitudes singelas

Reportei-me a cenas do filme “o passado”
Onde a ex mulher não consegue viver
Sem o ex marido
Tudo muito real, por muitos ex casais vivido
Onde na busca de recuperar até mesmo
O que nunca teve, ela faz coisas terríveis
Absurdas, incríveis,
Até mesmo difícil de falar, de acreditar
Mas senti no meu braço
A ponta da faca a minha pele perfurar

Acho que tava direcionada ao coração
Ela disse, foi essa a intenção
Não, sei, pensei depois que tudo acabou
Vendo as marcas e o sangue que no meu braço ficou
No filme as pessoas saem dizendo:
Normal o que ela faz
(referindo-se a personagem)
A minha ex faz muito mais...

Mas é tudo tão
Extremamente complexo
Quero que ela encontre um novo caminho
E deixe que eu siga o meu
Sozinho,
Porque o tempo passa
A vida continua de graça
A nos mostrar a ressaca
Da ação, e reação que nos leva
A esse caminho, a esse beco, a essa trilha
Sem saída, sem volta, enrodilhando
As vidas num vazio, nun vasto vazio
Então nada mais importa
Quero outras portas, para atravessar
Tudo passou
Tudo ficou nas curvas do passado
Eu quero uma nova estrada pra seguir
Novamente me encontrar, me descobrir
E, quando olhar para trás
Ver que ela esta a sorrir,
Porque também encontrou
O seu lugar,
Uma nova motivação
E deu inicio a um novo caminhar...

BY JORGE BRITTO







JORGE BRITTO
Enviado por JORGE BRITTO em 02/11/2007
Código do texto: T720135

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE BRITTO
Sumaré - São Paulo - Brasil
375 textos (37879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 23:51)
JORGE BRITTO