Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MISCIGENAÇÃO

Sou mulher!
Bonita, faceira,
Da cor brasileira, da cor de café.
Sou mulher!
E trago no peito
um coração repleto
De amor e de fé!
Sou mulher!
O yin, o doce e o mel;
O sol no horizonte
O amargo e o fel...
Sou zumbi na coragem,
Sou Mandela na liberdade
Sou Gandhi na igualdade,
Sou mulher!
Inteligente, valente,
Caliente, de beleza peculiar,
Que traz no ser a certeza ardente,
A vontade sempre crescente
De querer lutar
Pela soberania, cidadania;
E o direito de estudar
como toda a gente
Nesse país efervescente, quente...
Miscigenado
Integrado a outros povos
Que aqui vieram para ficar, procriar;
Misturar: corpos, cores, essências, sabores...
Negritude beleza sem par;
Mulher negra, brasileira, guerreira;
Poder de transformar!
 
Lurdinha Mattos
Enviado por Lurdinha Mattos em 03/11/2007
Reeditado em 09/08/2014
Código do texto: T721176
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lurdes.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lurdinha Mattos
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
203 textos (306084 leituras)
1 áudios (659 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:19)
Lurdinha Mattos