Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje

Hoje varri do meu pensamento
coisas antigas, passadas, findadas.
Matei de uma vez as recordações,
levantei a cabeça e segui.

Hoje despejei no leito do rio
todos os sentimentos, sofridos, incertos.
Derramei de vez os amores duvidosos,
tranquei ressentimentos e joguei a chave fora.

Hoje aprendi com a vida, amar.
Mesmo que seja só eu,
mesmo que baste só a mim,
até que em fim aprendi.

Hoje lamentei ser eu,
apenas mais um romântico
um ser indiferente, vazio.
Tomado por estas vagas lembranças.

Hoje ao enriquecer meu ego,
descobri os verdadeiros sentidos do amor
e dos sentimentos me abstive.
Numa única lembrança do amor...
que se foi, se foi – e voltará.

(à minha Irmã).
Francisco Amorim
Enviado por Francisco Amorim em 03/11/2007
Reeditado em 03/11/2007
Código do texto: T722168
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Amorim
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
42 textos (1613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 04:39)
Francisco Amorim