Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

máscara da noite

cai a máscara da noite
sob o silêncio fabricado dos
pássaros

eles não cantam

cai a máscara da noite
e a luz transforma tudo
a rua escura se embriaga de passos
negros
que tontos
não sabem por onde vão

cai a máscara da noite
ainda há pouco o entardecer
sangrava por céu adentro,
mestruava o seu tempo fértil
de incertezas e ilusões

sob a luz do luar
banham-se os amantes envoltos
na eternidade de um só momento

sob o véu da madrugada
o sereno
são gotículas,  são orvalhos prévios
de friagem e melancolia dos
que bebem a procura de algo.

os amantes se iludem com as estrelas
e nos seus desenhos mágicos enxergam
sagitário, órion, escorpião,
cruzeiro do sul
e, a mais brilhante
a estrela-dalva
que nos acena
com rumo incerto
num mundo girante
nos mostra a terra,
num planeta-água.

a loucura parece cortejar a malícia,
a aluna parece cortejar o mestre,
a lua parece cortejar o sol distante,
negro por ser ausente,
quente por ser reticente

fantasmas antropófagos
devoram nossas lembranças
destróem nossa inocência
e, acorvadados nos limitamos
a temer o vento, a chuva
e os ladrões.

tudo ensaia o burlesco
 lá fora, estamos numa ópera-bufa
e o riso está abafado

nossos personagens sob a
máscara da noite
não se apresentam bem pois
os olhos não podem invejar diretamente,
as bocas não pode desejar apropriamente
corpos nus se tocam e se repelem
num cio demente

permanece o desejo intacto,
contido
nas taças de cristais
nos lençóis onde foram esquecidos
os perfumes,

da cumplicidade da cavalgada sem fim
em busca de um ritmo
que aplaque na alma
a sanha de partir
e de voltar.

sob a máscara da noite
o baile nos revela paixões antigas
perguntamos quem somos,
o que somos,
e nos deparamos com formas
possíveis, histórias risíveis
e saídas infalíveis
para não ficarmos sós...

a solidão que com a máscara da noite,
se torna soturna,
obtusa
não se sabe se abriga a morte
ou apenas
o fim de
mais um dia.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 04/11/2007
Reeditado em 19/12/2007
Código do texto: T722530
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gisele Leite
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1630 textos (3699877 leituras)
33 áudios (5053 audições)
25 e-livros (142750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:19)
Gisele Leite

Site do Escritor