Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um solitário vivente

                     

                    Fizeste-me um solitário
                    Do seu caminho esquecido
                    Por um outro intinerário
                    Perambulando perdido

                    Sem rumo fui caminhando
                    Sem saber onde chegar
                    A passos lentos andando
                    Fui seguindo sem parar

                    Pela solidão marcado
                    Tornei-me um andarilho
                    De tristeza amargurado
                    Perdendo da vida o brilho
                     
                   De um solitário vivente
                   Tem sido o meu caminhar
                   Num caminhar descontente
                   Vou seguindo sem parar.

                   
                   
                     
   
BLopes
Enviado por BLopes em 04/11/2007
Código do texto: T723219
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BLopes
Itapetim - Pernambuco - Brasil, 73 anos
1067 textos (108622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:21)
BLopes