Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 




VESTIDA DE ESPERANÇA

 
 
 
Do peito deixo explodir o riso e o pranto
 Permito que se exponha a verdade da alma
Sangro as entranhas para depurá-las
Quebro tua imagem de falso santo
 
Expulso sem piedade esta paixão
que feroz ardia revestida de emoção
Mostro-me inteira sem medo dos fantasmas
Busco o aconchego nos braços da lua
 
Aqueço o coração no calor do sol
Dispo as vestes que por ti foram tocadas
Abandono a couraça que me protegia
Visto-me de esperança
Enfeito-me de luz e flores para o novo dia
 
Olho atenta perscrutando o futuro
Vejo a colheita farta do amor no solo semeado
Canto a alegria que sinto neste instante
já despojada da insistente tristeza
que foi a minha única e constante companheira!




Luiza Sampaio
Enviado por Luiza Sampaio em 04/11/2007
Reeditado em 25/10/2008
Código do texto: T723409

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Luiza Sampaio e o site www.luizasampaio.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Sampaio
Santos - São Paulo - Brasil, 63 anos
265 textos (57579 leituras)
16 áudios (2655 audições)
3 e-livros (431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 06:03)
Luiza Sampaio

Site do Escritor