Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No meio do nada



Na vastidão infinita do deserto
Uma flor solitária trêmula...
No coração tomado de saudade
É você minha bandeira hasteada...

As coisas da vida intriga (...)
Onde tudo parece impossível
Alí está a realidade
Desvendando os mistérios das hipóteses

O mundo a minha volta
Abundância de acontecimentos
Estou eu aqui nos confins
A fonte secou nada mata a sede.

O amor fechou as portas
Enferrujou as engrenagens da vida
As chaves atiradas aos ventos
Levou consigo a esperança...

Atravesso a linha do horizonte
Sol escaldante queima as pestanas
Olhos apertados quase sem visão
Lá no alto fincada bandeira acena.

Jamaveira
Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 05/11/2007
Código do texto: T724179
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 63 anos
1943 textos (98299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:05)