Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da Cor do Por do Sol

Quem me vê assim tão quieto
Acha estranho e pensa
Que eu deixei o que era certo
Pra sozinho caminhar
Posso parecer maluco
Mais não vou me abandonar
Só deixei de chamar por alguém
Que não me ouvia

Bem, eu encontrei na música
Uma razão pra prosseguir
E espero que ela me leve
Pra onde eu precise ir
Ou talvez encontre antes
Onde eu nem procurei
Pode estar aqui bem perto
Ou o mais longe que pensei

Às vezes que me pego
A sonhar com teus desejos
E penso se a cor dos teus cabelos
Vai mesmo lembrar o por do sol
São tantas horas de vôo
Que usamos pra não nos perder-mos
Mas quando nos chamam de volta
Eu sempre me lembro de você

Faço aos poucos minhas malas
Pra sair daqui
Mas ainda tenho algumas duvidas
Pra corrigir
E se ainda existe o que me prenda
Assim tão distante
Vou quebrar os muros
E vou te buscar

O tempo passa vão-se as horas
E eu enciumado
Por como passa tuas horas
E eu tão comportado
Te encontrar agora, amanha
Tanto faz, vou sorrir e ver
Que toda a eternidade
Passou num segundo


Out./2000
Anjelus
Enviado por Anjelus em 06/11/2007
Código do texto: T725224

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjelus
Apucarana - Paraná - Brasil, 40 anos
142 textos (2994 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:22)
Anjelus