Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VELHICE TEMIDA

Teus olhos, antes tão bonitos
Estão agora embaçados pelo tempo
A idade não perdoa meu amigo
A mocidade não dura eternamente.
Estás tristes,eu sei,
Temes as noites de angústia e silidão
Quando a memória
Num esforço mais profundo
Vai buscar uma antiga recordação.
Tu sabes, a velhice é um dom de Deus
Por que te deprimes então?
Ama cada ruga do teu rosto
Sorri, se trema  atua mão.
Querido, saúda com muita alegria
Todos os dias do teu viver
Agradeça a Deus a benevolência
Dando-te o direito de envelhecer!

Maria de Lurdes Mattos Dantas Barbosa
Lurdinha Mattos
Enviado por Lurdinha Mattos em 06/11/2007
Reeditado em 09/08/2014
Código do texto: T725823
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lurdes.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lurdinha Mattos
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
203 textos (305995 leituras)
1 áudios (659 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 15:35)
Lurdinha Mattos