Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desodorante

Zé das Couves vivia a suar.
Era dia, era noite, só fazia se molhar.
Coitado do Zé das Couves, não podia namorar.
Certo dia , lá na roça,
Apareceu a Madalena,
Que vendia perfumaria.
E foi logo indicada,
Para vender para o Zé,
Qualquer milagre.

Dois dias, uma semana, e lá vem o moço, todo mudado!
Camisa seca,e nada mais de molhado.
Madalena deu a ele um vidro de leite de rosas...
E o milagre, bem... o milagre, está por ser desvendado.
Agora ele tem namorada.
                                     GARDÊNIA
gardênia
Enviado por gardênia em 06/11/2007
Código do texto: T726008
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gardênia
São Paulo - São Paulo - Brasil
397 textos (11591 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:52)
gardênia