Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TREM ...

O TREM ...

Num país continental
O trem é força vital
De progresso e expansão
Nesta vasta imensidão....

Do Oiapoque ao Chuí
- Todos precisam de ti
De norte a sul, leste a oeste,
Na cidade e no agreste.

Infelizmente hoje em dia !
O homem, oh! quem diria
-No transporte da riqueza
Esqueceu tua grandeza!

O custo por tonelagem
É menor, trás mais vantagem
Com maior economia,
Pelos trilhos, noite e dia.

Com o trem a percorrer ...
O país volta a crescer!
Quando a ele se atrelar
E a locomotiva apitar!

Quero ver remodelados,
Quero mais que triplicados !
Modestos resíduos de estradas...
Para as longas caminhadas !

O trem não pode parar,
É o progresso invulgar
-Vejamos os da Europa
Voando de vento em popa !

Que nos fazem invejar
Não os poder igualar!
No avanço e expansão
Do progresso da nação !

Ainda verei percorrer
Se o governo entender
Nesta terra de contrastes
Que trens, são ágeis, não trastes!

São do povo e do governo
Como o vento de galerno...
Sinônimo de economia,
Símbolo de sabedoria!

O país continental
Será por fim, e a final
Entre vales e colinas
Cortado pelas longarinas.

Sua excelência, o Trem
Pede passagem a alguém
Tem pressa prioritária
Nova malha ferroviária

Novos trens de passageiros
Dos bem rápidos, ligeiros.
Como os que a Europa tem.
- Precisamos desse trem!

Armando A. C. Garcia

São Paulo, 12/10/2004

E-mail: armandoacgarcia@ibest.com.br

Armando Augusto Coelho Garcia
Enviado por Armando Augusto Coelho Garcia em 17/11/2005
Código do texto: T72736
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Armando Augusto Coelho Garcia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 79 anos
656 textos (25588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:52)