Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEGUNDAS INTENÇÕES

Sei do teu olhar que me despe inteira,
sem poder disfarçar que se alucina.
Sei das intenções, de pupilas dilatadas
sempre em meu corpo grudadas,
querendo aprisionar-me na retina.

Sei do desejo que te fulmina
a alma, que em corpo pede calma,
mas, ao contrário, acende–se feito chama
ardente, num indecente crepitar de labaredas
que lambem sedentas, com teu desejo.

Sei do teu beijo que chama minha boca
e sem mesuras polidas arranca ardor num
apertar colado de língua de menino.

Sei da distância que impede a cena,
afasta o cheiro, pesa o desejo
que já é ferida em dor, num desatino......
Paola Bittencourt
Enviado por Paola Bittencourt em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T727643
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paola Bittencourt
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
175 textos (110020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:48)
Paola Bittencourt