Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Nihil obstat?
Nihil!

All is right?
Yes! OK! Of course!
That is all.

Nothing of this
Must be forbiden for us.

This is the Freedom,
The kingdom of her.

She is the real Liberty:
The struggles are in course, yet;
The placard, of us, depends,
And not of the Destiny;
Tre dreams are not died;
The dreamers are not outsiders;
The Hope kiss us;
The Thruth comes soon
By ours constructions;
The Peace will guide our Earth;
The Love, for us, comes in the first.

Make your role.
Love yours sisters and brothers
And take the true care of our Planet.


ANOTHER WORLD IS POSSIBLE.

The Poet is a Warrior
For the global and social
Justice and Peace,
Because not that of the cemeteries.

Speak your word.
Make our wonderfull world.
Be, with us, a World’s Poet!

We want you,
Because really
We love you!!!


©
® ----- Gabriel da Fonseca & Stela Emilia (Formatação sobre Imagem do Símbolo do Fórum Social Mundial) 


---------Às Amigas Amadas, à Adorada eSTrELA Emilia, de modo especial, ao Movimento Poetas Delmundo, iniciado e sediado no Chile (
www.poetasdelmundo.com.br), cujo Manifesto, muito socialmente progressista, muito convergente com a Carta de Princípios do Fórum Social Mundial me foi apresentado pela Amiga Poetisa Doroty Dimolitsas, uma campeã da Poesia On-line Orkut, que, assim, me convidou e intorduziu pra ser um Poeta DelMundo (www.poetasdelmundo.com/verinfo_america.asp?id=3191).  Esse poema decorre de inspiração pra escrita me inglês (minha língua-mãe é o português, para o qual foi posteriormente "traduzido' por mim)  após a leitura do mencionado acima Manifesto e  pretende ser uma "tradução"-interpretação (e colaboração ao) do espírito da proposta desse Movimento.  04/11/07, 11:30h da manhã seguinte à noite da leitura do referido Manifesto.  Formatação de Fundo Musical: Alguma Coisa está Fora da Nova Ordem Mundial, de Caetano Veloso.


***

Poetas Do Mundo.



Nada a nos censurar?
Nada!

Tudo está certo?
Sim! Correto! Naturalmente!
E eis tudo.

Nada disto
Deve ser proibido pra nós.

Essa é a Liberdade,
O reino dela.

Eis a Liberdade real:
As lutas estão ainda em curso;
O placar, somente de nós, depende,
E, de modo decidido, não do Destino;
Os utópicos não são inviáveis;
A Esperança nos beija;
A Verdade logo vem chegando
Pelas nossas construções.

A Paz regerá nossa Terra,
O Amor, pra nós, vem por primeiro.

Faça sua parte.
Ame suas irmãs e irmãos
E cuide de verdade
De nosso Planeta.


UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL.

O poeta é um guerrilheiro
Pelas Justiça e Paz
Social e Global,
Pois, não a dos cemitérios.

Profira tua palavra.
Construa nosso mundo maravilhoso.
Junte-se nós, Poeta Delmundo!

Nós queremos você,
Pois, de modo apaixonado,
Realmente,
Nós te amamos!!!


©
® ----- Gabriel da Fonseca & Stela Emilia (Formatação sobre Imagem do Símbolo do Fórum Social Mundial) 


---------Às Amigas Amadas, à Adorada eSTrELA Emilia, de modo especial, ao Movimento Poetas Delmundo, iniciado e sediado no Chile (
www.poetasdelmundo.com.br), cujo Manifesto, muito socialmente progressista, muito convergente com a Carta de Princípios do Fórum Social Mundial me foi apresentado pela Amiga Poetisa Doroty Dimolitsas, uma campeã da Poesia On-line Orkut, que, assim, me convidou e introduziu pra ser um Poeta DelMundo (www.poetasdelmundo.com/verinfo_america.asp?id=3191).  
  
     Esse poema decorre de inspiração pra escrita me inglês (minha língua-mãe é o português, para o qual foi posteriormente "traduzido' por mim)  após a leitura do mencionado acima Manifesto e  pretende ser uma "tradução"-interpretação (e colaboração ao) do espírito da proposta desse Movimento.  04/11/07, 11:30h da manhã seguinte à noite da leitura do referido Manifesto.  Formatação de Fundo Musical: Alguma Coisa está Fora da Nova Ordem Mundial, de Caetano Veloso.
    Publicado aqui, no meu Site de EScritor:  www.gabrieldafonseca.net




Gabriel Da Fonseca
Enviado por Gabriel Da Fonseca em 08/11/2007
Reeditado em 06/05/2008
Código do texto: T728366

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Da Fonseca
Curitiba - Paraná - Brasil, 63 anos
1184 textos (67843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 22:23)
Gabriel Da Fonseca