Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ÚLTIMA GOTA E O ÚLTIMO GRÃO

A ÚLTIMA GOTA E O ÚLTIMO GRÁO

Uma gota d’ água
         um grão de sandice
                  um pingo de gente
                        não fazem mal a ninguém

Um vasto deserto
        repleto de maluquice
                  Um pingo de chuva
                          ou um grão de sandice
                                    não faz mal a ninguém

De gota em gota
        De grão em grão
                  De pingo em pingo
                                se chega a um milhão

Uma gota de lágrima
         um pingo que escorrega pelo rosto...
                            Um grão de compaixão
                                         não faz mal a ninguém

E o sangue que de gota em gota
                  foge por teu pulso aberto
                                  e pingo por pingo
                                            suja o tapete vermelho
Um...
      grão...
                de...
                       san-di-ce...
                                      não...  
                                              faz....
1995
Paulo de La Mancha
Enviado por Paulo de La Mancha em 08/11/2007
Código do texto: T728428

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de La Mancha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
91 textos (4783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:09)
Paulo de La Mancha