Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAIDADE


                                         VAIDADE



                       Vaidade. Qual a tua utilidade?
                       A tua ridícula exposição
                       Faz-te feliz de verdade?
                       Vê-se que não conheces o lado bom.

                       Experimenta sentir a simplicidade,
                       Olha..., não te vais arrepender,
                       Colherás o elogio da comunidade
                       E disso sentirás grande prazer.

                       Abre os olhos e olha em teu redor.
                       Já pensaste de que serve a vaidade
                       Se em cada igual, falta o amor?
                       Vai por mim. Quebra essa futilidade

                       E lembra-te, só praticando a igualdade
                       E abdicando de excesso de presunção,
                       Mostrarás ao mundo superioridade
                       Se disseres: acabe-se a ostentação.
Povo Lusitano
Enviado por Povo Lusitano em 08/11/2007
Código do texto: T728951

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Povo Lusitano
Portugal, 62 anos
311 textos (24330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:02)
Povo Lusitano