Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Poeta



Ser poeta é puro apelo
É amor...é desespero...

É brio... é ternura
É comprimisso e aventura...

É dor e amargura 
contrastando com a doçura...

É fleuma, é candura
Numa eterna tortura...

É confiar desconfiando
Por medo do abandono...

É entregar-se todo a um ser
Sem nem mesmo saber por que...

É sonhar  acordado na madrugada
Com os beijos da mulher amada...

É um ser e não ser num grande dilema
Mas sente tudo valer à pena...

Enfim, ser poeta é um deleite...

Um bom vinho com bacalhau no azeite
e às vezes um sem graça pão com leite...

Sou poeta sim...
E me respeite.

TACIANA VALENÇA
Enviado por TACIANA VALENÇA em 08/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T729195

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TACIANA VALENÇA
Recife - Pernambuco - Brasil
1956 textos (149066 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:30)
TACIANA VALENÇA

Site do Escritor