Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

D’alma saem...



A alma diz à vida
que meu corpo é lerdo
e que meus olhos choram,
porque não possuem abrigo...

Dou-lhes minhas mãos
e os meus punhos os adornam
em qualquer hora
quando quero estar triste
ou ir-me embora
a qualquer ponto do  infinito
onde até meu grito não se evapora.

D’alma saem outras tantas almas
e vão às palmas de minhas mãos
juntarem-se a outros corações
onde meus braços se agarram.
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 09/11/2007
Código do texto: T729836
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2381 textos (136542 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:51)
Paulino Vergetti Neto

Site do Escritor