Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que se fez

.:.
Se a vida fosse um talvez;
e se o ódio que se liquefez
fosse o sopro do que o amor fez.
Então, o mágico encanto se desfez;
o mágico encanto, talvez,
da vida que se liquefez.

Se o tempo urge pra vocês.
Se um instante demora um mês.
Se a veste não revela a tez.
Então, o que se quer dessa vez
é que a pele se desnude, talvez,
todos os dias, de vez.

Se sou ilusão descortês,
da vida que não se vive a três;
se você quis fazer, e não fez,
freguesia mesquinha com o freguês.
Então, eu desci uma linha, não seis,
Buscando a folha despetalada, talvez.

Viajando de Fortal para o Crato (no ônibus)
11/02/07, 22h53min
Nijair Araújo Pinto
Enviado por Nijair Araújo Pinto em 09/11/2007
Código do texto: T730294
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nijair Araújo Pinto
Crato - Ceará - Brasil, 46 anos
2155 textos (62866 leituras)
81 áudios (1610 audições)
3 e-livros (536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:11)
Nijair Araújo Pinto