Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTRO SOCIAL

Segue a saga da mediocridade
Não há mais idade para esses imbecis
Madames mundanas em uma falsa corte
Não passam de personagens de moderna meretriz
Aos filhos futilidades e tudo o que há na moda
E é tão lindo vê-los incendiando pessoas
As meninas adoram bandidos de fuzis
Mas isso é loucura são todos de boas famílias
E se transformaram em refinadas matilhas
As mães querendo serem garotinhas
Andam como verdadeiras putinhas
Como é lindo o promiscuo bonde do tigrão
Espancaram domestica por engano
Pensando ser prostituta da zona sul
Enquanto isso no santo lar tudo azul
Tudo são engodo e desengano
A mãe marcando uma cirurgia vaginal
Um abrasivo peeling facial
Por ser esse o novo modelo humano
Enquanto o filho vira um marginal
Mães e filhas transando com o bairro inteiro
O pai pensando em ganhar mais dinheiro
Como enviar ilegalmente para o estrangeiro
Sem deixar pista nem o mínimo sinal
Que roupa chique a mulher usará no carnaval
Rico é usuário e pobre um vagabundo maconheiro
E a resposta é sempre a mesma
Mas nós damos tudo a nossos filhos
Realmente eles só não dão o que não tem
Ética moral e senso de honradez
Até porque eles nunca vão para o xadrez
Mães querendo ser mais gostosa que as filhas
Pais querendo comer das filhas às amiguinhas
Sexo animal sexo homossexual sexo bizarro
Esta na moda ser pederasta e proxeneta
Nesta sociedade de Sodoma e Gomorra
Quem quiser que se vire
Quem quiser que morra
Onde todo santo é de barro
Padres praticantes da pedofilia
Um mundo onde a pederastia
É aceita como uma coisa normal
E em nossa ridícula hipocrisia
Fingimos não ver a agonia
De nosso podre mundo social


               Leilson Leão


Leilson Leão
Enviado por Leilson Leão em 09/11/2007
Código do texto: T730546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leilson Leão
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 51 anos
950 textos (70323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 16:27)
Leilson Leão