Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOPEI-ME

Eu me dopei com o comprimido da minha tristeza...
A poesia!
Quantos tons, e mil tons:
De Vinícius, de Paulinhos e Chicos do Brasil.

Me enchi com minhas fantasias
Com sua amarga alegria, e me sufoquei
de amor...
Do muito amor, de plácido sabor... de ti.

Se eu pudesse por um dia...
De tanta paz, tanta agonia
Com louca contradição em cada poema em cada livro
Criaria o circo da dor, e o acoite de amor
Pra ver passar "a banda, falando de amor".
Acácio Véras jr
Enviado por Acácio Véras jr em 09/11/2007
Código do texto: T730574

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Acácio Véras Jr, www.acacioverasjr.multiply.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Acácio Véras jr
Teresina - Piauí - Brasil, 32 anos
56 textos (2270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:21)
Acácio Véras jr