Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

41

SOU SUSPEITO DE UM GRAVE CRIME
O ESTUPRO DE UM ANJO ALEIJADO

EMBEBEDO-ME COM SEU SANGUE A LUZ DE VELAS
AMANHEÇO COM UM FETO
REPLETO DE MOSCAS A MEU LADO

CHORO SEM ESPERAR CONSOLO
OU CARINHOS EM MINHA PERNA MECÂNICA
APENAS QUERO SENTIR
O VENTO SECAR MINHAS LÁGRIMAS

ELA SE FECHA PARA MIM
BOCA,PERNAS,ZIPER
EU FECHO APENAS OS OLHOS

ESTAMOS REUNIDOS AQUI
EU VOCÊ,NOSSAS ALMAS,NOSSAS SOMBRAS
DEUS,NOSSAS CONSCIÊNCIAS
E MEU AMIGO IMAGINÁRIO
TODOS BÊBADOS, E NUS.



pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 18/11/2005
Código do texto: T73062
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:28)
pedro carmo